Bate Papo – 24/05/2017 – Completo

O assunto de hoje, vamos conversar com o Dr Paulo Xavier, que é médico veterinário, um dos melhores de Curitiba, ligado à saúde e prevenção. E nós que temos animais de estimação em casa, sabemos que os bichos que estão ali na convivência diária conosco, então temos que conhecer o básico.

Vamos conversar sobre um assunto que é muito importante, de utilidade pública, o problema da raiva. Foi encontrado há duas semanas atrás aqui em Curitiba um morcego detectado através de exames que esse morcego tinha o vírus da raiva. Então, precaução é a alma do negócio e por isso, Dr Paulo Xavier vai nos contar um pouco dessa história, pra você ficar bem informado.

No programa de hoje também tem palinha musical, tem o bate papo musical, com a dupla de Rio Branco do Sul, Guilherme e Jucbox.

Dr Paulo Xavier, nosso grande colaborador, é verdade que foi encontrado esse morcego com o vírus da raiva?

Sim. 3 morcegos, e o que é pior, um perto da sua casa.Então, já aconteceu 3 casos de ocorrência de morcego, de gato, com raiva. Nós vivemos num grande bosque, a cidade é muito arborizada, então temos uma grande população de morcegos. Existem várias espécies, a maioria insetívero, que come inseto ou come fruta, e alguns, que podem transmitir a raiva porque é “vampiro”. Agora todos os outros também podem.

Então, qual é a ideia a se fazer. Matar os morcegos? Não. Primeiro, porque são milhares. E segundo, é que eles são úteis. O morcego insetívero come cerca de 300 insetos por dia. Então, ele controla, faz parte da ordem natural de nosso ambiente. Os carnívoros acabam com os ratinhos. É aquela história da cadeia alimentar. Então, não vamos mexer nisso, porque mexeríamos na ecologia.

Agora, o que temos que fazer para prevenir?

Basta, basicamente fazer a vacinação dos animais. Um exemplo: eu tenho uma agenda de compromisso com os clientes, eu ligo para os clientes, e eu tenho um retorno de cerca de 60%, excelente. Agora os outros 40% estão sofrendo risco.

A raiva já é uma patologia antiga. Houve uma época em que eram muitos os casos de cães com raiva. Conseguiu-se encontrar um equilíbrio e quase sanar este problema.

Sim. Isso foi com Luis Pasteur lá na França. Hoje em dia, a vacina de raiva existe, eu aplico uma quantidade bem grande durante o ano. Fala-se que a raiva está erradica! Não. Ela está controlada, assim como a poliomelite.

A única forma de transmissão é através da mordida do morcego?

Também, mas pode existir a transmissão aérea, quando você está num ambiente que está com morcegos doentes e você pegar pelas vias áreas. Pela saliva do bicho.

O cão está sujeito a adquirir a raiva de que forma?

O cão por ser um predador vê o bicho se batendo e vai lá em cima do morcego, e aí o morcego se defende. Aí a mordedura faz a transmissão.

Mesmo o cãozinho que mora em apartamento, pode acontecer?

Pode acontecer, inclusive o último caso registrado foi num prédio alto. O morcego foi lá em cima, na sacada do prédio e tinha cães na casa.

Em parques os animais podem pegar raiva ou outra patologia?

Não, porque esse pessoal é bem consciente. A maioria dos animais já são vacinados. Em nossa cidade existe uma consciência muito boa quanto a vacinação. Eu já trabalhei no Amazonas, onde existe uma crendice de índios, que diz que se você botar uma injeção no animal, você está botando nele um espírito, bom ou ruim. Agora aqui o povo é bem mais consciente.

Quando o cachorro adquire raiva, o que fazer? Tem que sacrificar?

Sim. Não tem o que fazer. É preciso sacrificar. Em 3 dias ele já começa a transmitir a doença, fica furioso. E aí é preciso isolá-lo e depois sacrificar.

Além da vacina contra raiva, qual outra é importante?

Bordotelose, é a tosse de cachorro. Mas essa não é prevenida 100% com vacina. Mas a Leptospirose sim. Que inclusive pode ser transmitida aos humanos. Mas ela é facilmente combatida com antibióticos, mas antes disso ela destrói o miolo do rim, e com isso o rim para de funcionar.

A vacina dectupla, contra raiva e contra a gripe canina são muito importantes. E elas devem ser renovadas todo ano.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Tv Transamérica esta sediada em Curitiba - PR, sintonizada em canal aberto 59.1 HD.

Hoje independente de outras emissoras, a TV Transamérica vem se modernizando e renovando para atender as demandas do público curitibano.

CONTATO

A Televisão Transamérica trabalha para levar até você o melhor da notícia e do entretenimento.

LIGUE: 55 41 3240-5900
E-MAIL: comercial@transamerica.tv.br