Infecção Urinária

 

O que é a infecção urinaria e como que ela surge?

A infecção urinaria na verdade, é a presença de um patogeno no aparelho urinário. Ela pode se instalar no rim, nos ureteres ou na bexiga, essa é uma infecção do trato urinário. Pode se instalar por exemplo na bexiga, então uma infecção urinaria baixa, quando ela se instala no rim, é uma infecção urinaria alta, no caso que você está citando é a presença da bactéria na circulação, e uma septicemia quando essa bactéria causa uma infecção generalizada complicando a saúde da pessoa e às vezes levando até a morte.
 

Existe a infecção urinaria, qual a sensação, o que a pessoa sente?

A infecção urinaria basicamente ela dá sintomas locais , dor pra urinar, arde pra urinar , e às vezes sangue na urina. Quando existe uma infecção urinaria alta, geralmente é a dor,e os mesmo sintomas da infecção urinaria alta, a dor lombar, e normalmente é acompanhada de sintomas sistêmicos , como febre, a dor, náuseas e vômitos, e às vezes quebra do estado geral. Mas normalmente a infecção urinaria como toda infecção , ela depende muito da resistência do organismo, quando a pessoa tem uma quebra da resistência, por exemplo: o stress, o regime , por exemplo depressão, uso de drogas pesadas, alcoolismo, diabetes, são doenças que interagem e diminuem a resistência do paciente levando então a uma infecção urinaria.

E quais são os fatores que facilitam essa contaminação pelo trato urinário?

Basicamente é a contaminação da pessoa pela bactéria e essa infecção vai piorar dependendo da resistência, por exemplo: você pode ter uma contaminação , mas você tendo uma resistência você luta contra aquela bactéria, seu organismo reage e você melhora , ou você toma uma certa medicação e você melhora, quando você não tem uma resistência adequada, ou não toma uma medicação adequada essa doença pode evoluir pra todo o trato urinário.

O que pode causar a transmissão?

A infecção a mulher infelizmente é mais agravada por essas doenças do trato urinário. No homem isso já não é tão comum, já é mais comum na mulher pela anatomia , a relação sexual em si ela não transmite infecção urinaria , ela transmite infecção genital, por exemplo gonorréia, ai ela altera o trato genital e leva a sintomas urinários.
Então esse é um conceito que se tem , a infecção urinaria não é transmita através do sexo propriamente , o que é transmitido é uma infecção genital , que leva a uma infecção urinaria e sintomas. Uma coisa interessante, água do mar, areia, isso normalmente ela não produz infecção, a temperatura da água, ela pode levar nas mulheres que tem infecção urinaria crônica, a água fria pode levar , aquela famosa historia da vovó “não senta em lugar frio, vai pega friagem”, isso existe, apesar de ser meio folclórico de não ser cientifico a gente nota que as mulheres que tomam muita umidade, ou tem muito contato com água fria, elas tem uma piora nesses sintomas urinários, então nessa época do ano é bem interessante que as mulheres tem mais incidência de infecção urinaria na praia. Existe o reverso nos homens, normalmente o homem vai pra praia, ele bebe mais , então é quando os homens têm sintomas urinários aí relacionados à próstata , porque ele toma a bebida altera a resistência, e aumenta a quantidade de urina.
Então é muito comum nessa época, já tive pacientes que voltaram com problemas urinários relacionados à próstata , então você tem colocar sonda tratar, dois tiveram que ser internados então a infecção urinaria tem esse agravante. Só um pequeno parênteses aqui, a doença que mais afeta a espécie humana é a gripe, a segunda mais infecção que afeta a espécie humana é a infecção urinaria, ela só perde para as nfecção de vias respiratórias. Aqui nós não temos esse problema por estarmos em uma país quente, mas em paises frios tem uma grande preponderância da infecção urinaria na população.

No caso da Mariana Bridi, eu gostaria que o senhor explicasse o caso dela, e porque da amputação das mãos e dos pés dela.

Nos dias que houve o quadro dessa paciente por sinal houve um na seqüência, em são Paulo que foi pouco divulgado porque a pessoa era pouco conhecida. Provavelmente essa paciente ela tinha uma alteração na resistência que em primeiro lugar ela não conseguia combater a infecção e posteriormente ela teve uma septicemia , mesmo estando internada.
Depois que ela faleceu da hemorragia digestiva, que provavelmente deve ter provocado uma anemia e mesmo tendo sido reposto, não foi o suficiente pra aumentar a resistência dela, o que mais chamou a atenção do quadro dessa paciente, que ela teve assistência, ela estava em uma cidade que tem assistência médica boa , mas sim a gravidade, porque essa amputação foi na realidade , ela provoca uma necrose, o que aconteceu foi basicamente o seguinte , foi uma infecção tão grande que causou falência da circulação periférica.
E começa a haver a necrose, isso acontece muito normalmente em meningite, mas no caso dessa paciente ela deve ter tido uma alteração na infecção que causou uma macro infecção, ela evoluiu em uma lesão periférica, isso acontece nos pés e nas mãos, porque os vasos são de menores calibres,  mas também é comum acontecer nas orelhas, e no nariz também. Então foi nos pés e nas mãos porque ela teve uma falecia da circulação que começou a causa necrose, então fizeram a amputação porque a necrose piora a infecção.

Quais os cuidados a serem tomados Doutor?

Os cuidados, basicamente você não menosprezar os seus sintomas , e se você não estiver se sentindo bem procure uma assistência médica, porque logo no inicio todas as infecções você consegue tratar bem, os sintomas de alerta são os físicos, os urinários propriamente , a dor ao urinar, ardor ao urinar, sangue na urina que é mais comum nas mulheres. No homem, dor ao urinar, começa a ir muito ao banheiro, se vier seguido de febre fazer um plantão em frente do medico até que ele te medique de forma adequada.